O uso da maconha no tratamento da síndrome de Tourette

A maconha é usada como alívio para os tiques, vocalizações e cacoetes da doença

A maconha é usada como alívio para os tiques, vocalizações e cacoetes da doença

“Existe uma coisa que ajuda a minha Tourette mais do que qualquer outra, e é maconha”, diz Louis Centanni, ator e comediante de 24 anos. Os doutores Robert A. King e James F. Leckman, da Escola de Medicina de Yale, que recentemente se juntaram ao blog Consult para responder às perguntas dos internautas sobre a síndrome de Tourette, respondem aqui a leitores perguntando sobre o uso da maconha como alívio para os tiques, vocalizações e cacoetes da doença.

P: Estudos clínicos demonstraram que a maconha pode ser efetiva no alívio dos sintormas dessa doença? Como as substâncias da maconha ajudam os pacientes de Tourette, e outros tipos de drogas depressoras também ajudam?

R: Vários indivíduos com Tourette severa usam regularmente maconha e reportam que ela acalma e alivia seus tiques. Alguns poucos ensaios clínicos randomizados do Delta 9-tetra-hidrocanabinol, ou THC, o ingrediente ativo da maconha, foram realizados.

Alguns dos pesquisadores estão convencidos de que o THC e componentes relacionados da maconha chamados canabinoides ajudam; outros ainda têm dúvidas.

A análise mais ampla até agora da eficácia de canabinoides para a síndrome de Tourette veio de um grupo de pesquisa na Grã-Bretanha, o Cochrane Collaboration, que revisou toda informação disponível.

Eles descobriram que “as melhoras na frequência e severidade dos tiques foram pequenas e apenas detectadas por algumas medições de resultados”.

O grupo concluiu que não há provas suficientes para sustentar o uso de canabinoides no tratamento de tiques e de comportamento obsessivo-compulsivo em pessoas com síndrome de Tourette.

Além disso, o uso regular da maconha também tem potenciais efeitos colateriais físicos e psicológicos, como apatia, depressão e até psicose em indivíduos vulneráveis.

Assim como outras drogas, os efeitos variam de paciente para paciente, e os riscos e benefícios devem ser pesados. Nós certamente não recomendaríamos para adolescentes.

Quanto à forma de ação, existe uma crescente literatura científica tratando da capacidade do corpo de produzir substâncias chamadas endocanabinoides, que se assemelham aos componentes ativos da maconha.

Nossos corpos contêm várias enzimas que produzem esses canabinoides endógenos, e dois tipos específicos de receptores dessas substâncias estão espalhados pelo corpo, inclusive no cérebro.

Parece que os canabinoides podem modular grandes sistemas neurotransmissores no cérebro, inclusive aqueles envolvendo o GABA e a glutamina.

Essa série de reações químicas fornece uma hipótese do motivo da maconha às vezes ter o efeito de reduzir os tiques.

Mais sobre a doença de Tourette

Reprodução

Fonte: Terra aperte aqui que passo a bola

Anúncios

Sobre brigadasonora

Brasileiro, Corinthiano e Andarilho.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s