Jornal: O Universitário – A Erva da Polêmica

send_binary

Maconha LEGAL OU ILEGAL?
De um lado aqueles que acreditam que a proibição da maconha é hipocrisia, do outro os mais conservadores  defendem que a legalização poderia causar danos a sociedade.

Alegalização do uso da maconha sempre foi  assunto polêmico em qualquer situação, pois divide opiniões. Legalizar significa liberar o acesso, tornar legal o seu uso. Inevitável, então, a discussão quando uma questão tão perturbadora é lançada. No mês de setembro o Ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc foi alvo de críticas por defender a legalização da maconha em um evento na Chapada dos Veadeiros. “Os juízes da Argentina descriminalizaram, o usuário não é criminoso. Nesse jogo, a gente está perdendo aqui. Nós vamos virar esse jogo para acabar com a hipocrisia.” declarou o Ministro, em cima do palco acompanhado pela banda de reggae maranhense, Tribo de Jah. Não é a primeira vez que di-ante do público Minc mostra-se favorável a legalização da erva, no dia 9 de maio o Ministro esteve no Rio de Janeiro onde compareceu na marcha da maconha, evento organizado de forma simultânea, em outras 250 cidades de todo o mundo.  Na ocasião, após a manifestação, o Ministro foi convocado a dar explicações a Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado da Câmara dos Deputados. “Em nenhum momento eu disse que é preciso desobedecer à lei e consumir a droga. O que disse era que não estava de acordo com a legislação vigente. Entendo que apologia é incentivar o consumo e afirmar que faz bem à saúde. É necessário tratar a dependência como uma questão de saúde pública e não de política. Tratar o usuário como um delinquente dificulta seu acesso ao tratamento, o álcool faz 25 vezes mais vítimas do que as drogas ilegais somadas. Se o que faz mal deve ser ilegal, a comissão deveria propor que álcool e cigarro fossem declarados ilegais.” argumentou  Minc diante da comissão.

A legalização da maconha é um tema bastante controvertido e que divide a opinião dos universitários de Brasília, para a estudante de Engenharia Florestal da UnB, Marcele Magão a legalização seria um erro pois aumentaria o número de usuários, “Já pensou? Um monte de doidão no meio da rua? A Unb já é meio estranha sem a legalização, imagina se isso acontecer?” ironiza, ao ser questionada sobre a legalização. Já o estudande de Ciência Política da Unb, Rafael Barroso, se diz favorável a legalização, pois, segundo ele, o que realmente mata no país é o tráfico “O consumo é uma realidade na história da humanidade, cabe a nós fazermos uma legislação que seja eficaz para a redução de danos.” Há muitas questões a analisar sobre a legalização das drogas, pois a aceitação ou não terá uma grande influência na sociedade e na economia. Será que nossa posição sobre este assunto seria realmente a mais coerente?

Aperte aqui que passo a bola para o texto completo

Anúncios

Sobre brigadasonora

Brasileiro, Corinthiano e Andarilho.
Esse post foi publicado em Uncategorized. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s